Comissão de Valores Mobiliários

Você está aqui:

Notícias

31/01/2019

Número de regulados pela CVM cresce 4,2%

Em 2018, número de participantes chega à marca de 50.411

O número de participantes regulados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) atingiu a marca de 50.411 entidades em 2018, representando alta de 4,2% em relação ao final do ano anterior. A informação é destaque do Boletim de Mercado da Autarquia publicado hoje, 31/1, que consolida os dados de 2018 referentes aos mercados sob regulação da CVM.

Segundo Bruno Luna, chefe da Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA), o crescimento de fundos de investimentos durante o período, hoje em mais de 17 mil, colaborou para esse aumento significativo. “A indústria de fundos do Brasil é a maior do mundo em quantidade. É importante ressaltar ainda o crescimento de agentes autônomos registrados, 17% a mais do que no fechamento de 2017”, comentou.

O estoque total de valores mobiliários sob regulação da CVM finalizou o ano estimado em R$ 18,9 trilhões.

 

Foto: chefe da ASA/CVM, Bruno Luna.

O ano de 2018 se revelou como pico para alguns indicadores de negociação em mercado secundário. Ativos de renda variável, como ações, derivativos e fundos imobiliários, demonstraram crescimento relevante em suas correspondentes métricas. Vale destacar, conforme Boletim de fundos imobiliários divulgado pela B3, o crescimento expressivo no número de investidores desse segmento do mercado. Essa indústria já supera os 200 mil investidores, o maior da série histórica” – Bruno Luna, chefe da ASA/CVM.

Em relação às emissões de valores mobiliários, destaca-se o aumento de 78% no volume de emissões de debêntures, em relação a 2017.

Quer saber mais? Confira a nova edição do Boletim de Mercado da CVM.

 

Boletim de Risco

Também produzido pela ASA, o Boletim de Risco, outra publicação mensal da CVM, apresenta os indicadores de risco dos mercados de capitais de economias avançadas e emergentes, especialmente no Brasil. Há também a versão traduzida do boletim, disponível no Portal CVM em inglês.

Saiba mais no Boletim!

Tags: Publicação
Voltar ao topo