Comissão de Valores Mobiliários

Você está aqui:

Notícias

Mon Apr 16 00:00:00 BRT 2012

CVM lança Ambiente Virtual de Aprendizagem com cursos gratuitos

Comissão de Valores Mobiliários

 

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lança hoje, 16/04/2012, o Ambiente Virtual de Aprendizagem, com cursos online gratuitos que objetivam a disseminação de conhecimentos sobre o mercado de valores mobiliários. A iniciativa substitui as funcionalidades que já existiam no Portal do Investidor, lançado em 2007, oferecendo novos conteúdos em um canal especialmente dedicado à mediação do processo de ensino e de aprendizagem do investidor.

Desenvolvido com o uso de tecnologia amplamente utilizada em projetos de educação por meio da Internet, o novo ambiente, de acesso controlado (cadastro e senha pessoal), permite que o processo de aprendizagem ocorra de forma gradual, de acordo com a disponibilidade do usuário, facilitando a gestão de conteúdos e viabilizando recursos anteriormente não disponíveis, como a organização de turmas, a oferta de tutoria e a avaliação de conhecimentos com produção de informações gerenciais para a CVM, permitindo o monitoramento e a reavaliação de cada curso.

Neste primeiro momento, o ambiente educacional oferece novos conteúdos com conceitos básicos sobre finanças pessoais e investimentos (além do curso já disponível no Portal do Investidor de matemática financeira):

Educação Financeira I (Planejamento Financeiro Pessoal): conceitos básicos relacionados a orçamento pessoal, planejamento, crédito, endividamento, poupança e investimento.

Investindo em Valores Mobiliários: oferece conhecimentos básicos, abordando temas como risco, rentabilidade, perfil do investidor, cuidados ao investir e mecanismos de proteção e defesa, além de informações sobre diferentes alternativas de investimento (ações, debêntures, fundos e clubes de investimento etc.).

Principais direitos e deveres dos acionistas minoritários de companhias abertas: precedido de uma introdução aos conceitos básicos (sociedade anônima, companhia aberta e fechada, capital social, subscrição e integralização, patrimônio, entre outros), o curso apresenta, em uma forma didática e introdutória, os principais deveres e os direitos dos acionistas, bem como os procedimentos e regras aplicáveis a cada um.

Ao oferecer ambiente específico, governamental e gratuito de educação de investidores, a CVM espera não apenas ampliar o alcance do PRODIN – Programa de Orientação e Defesa do Investidor, mas aumentar sua efetividade junto ao cidadão, contribuindo para o desenvolvimento de atitudes e comportamentos que aumentem a eficiência e o grau de proteção aos investidores no mercado de valores mobiliários. Neste sentido, é amplamente reconhecido que a educação pode complementar as atividades de regulação e supervisão dos órgãos reguladores.

Com informação, formação e orientação específica, os investidores podem estar mais bem aparelhados para: perceber e compreender riscos e oportunidades de cada alternativa de investimento; identificar previamente golpes/ofertas irregulares de investimentos; e decidir de forma consciente e bem informada por produtos financeiros adequados ao seu perfil. A educação também pode tornar mais efetiva a defesa individual ou coletiva de direitos, em caso de problemas e litígios com emissores e intermediários, ao disseminar os limites e possibilidades de atuação dos órgãos governamentais, no âmbito de suas competências legais e das entidades autorreguladoras, bem como os canais de atendimento e os eventuais mecanismos de ressarcimento de prejuízos.

O conteúdo do ambiente virtual e cadastramento para os cursos são abertos ao público em geral e necessitam de inscrição (gratuita) por meio da página da CVM na Internet (www.cvm.org.br), em "Proteção e Educação ao Investidor", no item "E-learning". O ambiente também está disponível no Portal do Investidor ("www.portaldoinvestidor.gov.br), no link apropriado da área "Acadêmico", podendo, ainda, ser acessado diretamente pelo domínio: http://ead.cvm.gov.br/ava/.

 

 

 

 

Voltar ao topo