Comissão de Valores Mobiliários

Você está aqui:

Notícias

Thu Dec 18 00:00:00 BRST 2008

Deliberação 566 que aprova CPC 14 - Instrumentos Financeiros: Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação

Comissão de Valores Mobiliários

 

 

A Comissão de Valores Mobiliários – CVM edita hoje a Deliberação CVM nº 566/08 que aprova o Pronunciamento Técnico CPC 14 emitido pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis intitulado "Instrumentos Financeiros: Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação".

O objetivo do Pronunciamento CPC 14 é disciplinar a contabilização e a evidenciação de operações com instrumentos financeiros, incluindo derivativos, visando atender ao disposto no art. 183 da Lei 6.404/76 modificado pela Lei 11.638/07 e deve ser aplicado para os exercícios sociais iniciados a partir de 1º de janeiro de 2008.

O Pronunciamento considera os principais aspectos expostos em duas importantes normas contábeis internacionais, o IAS 32 Financial Instruments: Presentation, e o IAS 39 Financial Instruments: Recognition and Measurement. O projeto total de tratamento dos instrumentos financeiros consiste em duas etapas. A primeira é finalizada com a aprovação deste CPC 14, que considera os principais aspectos das normas internacionais, mas não sua totalidade. O CPC 14 visa, primordialmente, atender ao disposto na Lei 11.638/07, fornecendo orientação às companhias brasileiras em sua aplicação imediata. A segunda, a ser finalizada em 2009, irá contemplar a completa convergência das normas brasileiras de contabilidade às normas internacionais.

Determinados instrumentos financeiros e todos os derivativos passam a ser contabilizados pelo valor justo, as condições para classificação e mudança de classificação desses instrumentos financeiros são estabelecidas e as operações de hedge precisam rigidamente observar o Regime de Competência. De certa forma, as normas que já estavam em vigência, no Brasil, para as instituições financeiras e seguradoras agora se estendem a todas as demais entidades.

Acesse a Deliberação CVM 566. O Sumário do Pronunciamento CPC 14 e o Relatório de Audiência Pública podem ser acessados na página de Audiência Pública, do Portal.

 

Voltar ao topo