Comissão de Valores Mobiliários

Você está aqui:

Supervisão Baseada em Risco

A CVM adota um modelo de supervisão baseada em risco (SBR), destinando maior atenção a mercados, produtos e entidades supervisionadas que demonstrem maior probabilidade de apresentar falhas em sua atuação e representem potencialmente um dano maior para os investidores ou para a integridade do mercado de valores mobiliários.

Com base neste modelo, a Autarquia atua nos maiores riscos ao desempenho de suas atribuições legais, racionalizando a utilização de recursos materiais e humanos e buscando uma abordagem mais preventiva do que reativa.

As atividades de supervisão incluídas no SBR são conduzidas de acordo com um Plano Bienal de Supervisão e monitoradas por meio de Relatórios Semestrais.  

A adoção do modelo SBR foi determinada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), por meio da Resolução 3.427/06 (alterada pela Resolução 3.513/07), e disciplinada pela Deliberação CVM 757/16.

 

Acesse os planos bienais e os seus respectivos relatórios semestrais:

Plano Bienal SBR 2015-2016

Plano Bienal SBR 2013-2014

Plano Bienal SBR 2011-2012

Plano Bienal SBR 2009-2010 

Voltar ao topo